10 dicas de alimentação saudável

Uma alimentação adequada não deve ser escolha apenas de quem busca controle ou redução de peso. Consumir os alimentos certos e da maneira correta está relacionado à manutenção da saúde como um todo. Pensando nisso, preparamos este post especial, com dez dicas de alimentação saudável para você começar a mudar a sua rotina alimentar agora mesmo. Confira.

1 – Reduza o consumo de sal

O sal é um grande vilão para saúde. Por isso, preste atenção em como anda a sua rotina alimentar em relação ao consumo deste ingrediente e reduza o máximo possível a ingestão do mesmo.

Isso não significa que você deve eliminar o sal da sua vida, até porque ele é essencial para o corpo, o que é importante é ter em mente que o consumo excessivo pode levar a inúmeros problemas de saúde. Desta forma, ao temperar seus alimentos, opte por ervas frescas ou outros temperos naturais e cuidado com o sal.

2 – Evite o consumo de açúcar

O açúcar também é um grande vilão para a saúde. Além de ser responsável pelo aumento de peso, ele traz outros problemas na saúde, como os dentários, por exemplo. Por isso, evite consumir açúcar em excesso e dê uma chance para a saúde.

3 – Dê preferência para os produtos in natura

Os produtos in natura são os mais indicados para uma alimentação saudável. Se você tem condições de adquirir e consumir produtos naturais, não pense duas vezes, essa é uma escolha que faz toda a diferença para a manutenção do seu bem estar físico e até mesmo emocional.

4 – Evite alimentos ultraprocessados

Os alimentos que passam por muitas etapas de processamento industrial, acabam perdendo inúmeras propriedades e recebendo um número muito grande de agentes químicos que tragam sabor, aroma e durabilidade. Evite ao máximo o consumo destes alimentos, uma vez que eles não possuem nutrientes importantes para a sua saúde.

5 – Adote a regra do equilíbrio

Na alimentação, tudo é permitido, desde que com equilíbrio. Se você não está passando por nenhuma estratégia de redução de peso e também não possui nenhuma restrição alimentar, é permitido comer qualquer alimento, desde que você tenha equilíbrio.

6 – Conheça o seu corpo e as suas necessidades

Cada indivíduo é único, possui suas características físicas e emocionais, portanto não é possível estabelecer uma regra geral de alimentação que funcione para todo mundo. Desta forma, é primordial que a pessoa conheça o seu corpo, saiba quais são as suas necessidades físicas e quais são necessidades emocionais.

Um profissional da nutrição pode ajudar nesta tarefa, contribuindo para que você entenda como tem lidado com a sua forma de se alimentar e como é possível conhecer a si mesmo e melhorar a forma como você se relaciona com a sua alimentação.

7 – Beba água

A água é muito importante para o bom funcionamento do corpo. Os processos de digestão, por exemplo, estão diretamente relacionados ao consumo da água. Crie o hábito de ingerir um copo de água pela manhã, ao acordar e estabeleça uma rotina que inclua a ingestão do líquido no seu dia a dia. Você vai notar mudanças significativas na sua saúde.

8 – Se possível, opte pelos orgânicos

Os alimentos orgânicos são excelentes fontes de nutrientes importantes para a saúde. Se você puder, sempre opte pelos orgânicos. Caso não tenha condições de mudar toda sua estratégia alimentar, pelo menos inclua estes alimentos na sua rotina.

9 – Invista em legumes, frutas e verduras da época

Os alimentos da época são mais frescos e saudáveis, além de trazerem nutrientes importantes para o corpo naquele período do ano. A laranja, por exemplo, é uma fruta de inverno, justamente pela sua alta concentração de vitamina c, tão importante para o corpo nesta época do ano. Desta forma, opte sempre pelos vegetais e frutas da época.

10 – Procure um nutricionista

O profissional da nutrição poderá auxiliá-lo na organização da sua rotina alimentar, trazendo todas orientações necessárias para uma vida mais saudável. Lembre-se que a alimentação não deve ser cuidada apenas durante uma dieta, a alimentação é uma das principais responsáveis pela sua saúde.